{Novos Caminhos}: sobre experimentar toda forma de amor!

Atualizado: Set 24




Recomeço! Acho que essa é a palavra mais próxima do que busco neste momento de caos no mundo. Não é fácil abrir mão das comodidades dos progressos construídos ao longo de 7 anos de trabalho dedicados a um tipo específico de público, linguagem e conceitos. Mas também preciso admitir e reconhecer que estava na hora de admitir que as coisas não iam tão bem como eu gostaria, não só pelos inúmeros desafios do mercado pet, mas por minha própria insatisfação pessoal com o que eu estava fazendo.


Sempre desejei expandir meu olhar para toda forma de amor que existe: amor de mãe, amor de casal apaixonado, amor de vó, de estimação e principalmente amor próprio, mas o amor pelos animais e as oportunidades que surgiram ao longo dos anos me transformaram na tia das fotos dos cachorros - e eu amo ser essa tia. Alias, nunca vou deixar de ser essa tia, os animais e a natureza são minhas inspirações para qualquer coisa na vida e sempre receberão o meu amor, o meu respeito e meu olhar mais carinhoso. Quando a gente faz o que ama as coisas simplesmente acontecem e sou muito grata por tudo que já experimentei com a fotografia de pets.


Durante esse tempo todo confinada em casa com a família e com meus pensamentos, foi inevitável pensar em mudanças e no futuro do meu negócio. A princípio pensei que estaria brindo mão de tudo que construí, mas logo percebi que não se trata de jogar tudo pela janela e sim de me abrir para novos caminhos.


A Bloom é o meu jeito de olhar para a vida, para as pessoas e para tudo que me toca. Desistir de tudo que realizei, criei e trabalhei por mais imperfeito que eu mesma possa achar não seria justo comigo e com meu coração. Mas, a pandemia do Corona Vírus bateu como um soco violento no meu estomago, me fez sofrer muito, ter medo de tudo e levou embora pessoas queridas da minha família. Não é nada fácil! Mas foi dentro desse caos todo que inclusive não é exclusividade minha, me fez repensar no meu jeito de ser, de sentir e de fazer as coisas. Por isso, mudanças seriam inevitáveis.


Abandonar o comodismo, a falsa sensação de segurança e recomeçar apenas com o que tenho em mãos doí pra chuchu! Sinto medo da rejeição, da frustração e de não conseguir expressar o que sinto com minhas lentes e coração.


Mesmo com muito medo, preciso partir para um novo caminho. Preciso sentir tudo isso integralmente para me sentir viva e capaz de superar meus monstrinhos inseguros e birrentos que pipocam na minha cabeça constantemente me enchendo de conversinhas baratas do tipo: vai dar tudo errado moça!


Criar um novo portfólio, com uma nova metodologia é desafiador, empolgante e muito complexo, mas quero me deixar ser levada por esse exercício infinito de descobrir beleza e poesia nas pessoas, nos animais e na vida que a fotografia me permite vivenciar me abrindo para novos caminhos. Você vem comigo?


Estou passando por uma fase que me sinto completamente vulnerável, como se eu estivesse nua diante de uma plateia lotada num estádio de futebol. Mas é assim mesmo que vou me permitir a dar um outro sentido para minha vida profissional. Porque para mim é só quando a gente se permitir a sentir que consegue florescer amor. E boas memórias, florescem de momentos como esse.


Obrigado por ficar pertinho!


Com amor,



0 visualização
vem  ficar  pertinho

Se você quiser fazer parte desse novo e divertido projeto da @bloomfotopoesia, deixe seu contato aqui para receber as novidades em primeira mão e promoções exclusivas.

  • Branca Ícone Blogger
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube

©2019 criado por Bloom Fotopoesia. 

Todos os direitos reservados.

Tel: 55 11 98229-6210

oie@bloomfotopoesia.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Blogger
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon